quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Em crise, Eike Batista vende controle da empresa LLX por R$ 1,3 bilhão

Atualizado em 15/08/2013

 Em crise, o megaempresário Eike Batista vendeu o controle da LLX (LLXL3), companhia de logística do grupo EBX. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (14). É a segunda empresa de que Eike abre mão do controle só neste ano.

Em crise, Eike Batista vende controle da empresa LLX por R$ 1,3 bilhão


A LLX firmou um termo de compromisso para receber investimento de R$ 1,3 bilhão da empresa do setor de energia EIG Management Company, que vai assumir o controle da companhia.


A LLX também disse que Eike, o atual acionista controlador, deixará de fazer parte da administração da empresa, mas que continuará sendo um acionista relevante.


A ação da LLX disparou 17,05% nesta quarta, a maior alta entre os papéis integrantes do Ibovespa.


A LLX vem de uma sequência de fortes altas: desde o dia 7 de agosto, quando fechou a R$ 0,88, o papel acumulou ganhos de 71,59%, em cinco sessões da Bolsa. Alguns operadores afirmam que os ganhos foram sustentados por rumores sobre a venda do porto do Açu, principal ativo da empresa.


Empresa compradora é dos EUA e especializada em energia e infraestrutura

A EIG é uma gestora americana de fundos de investimento, especializada nos setores de energia e recursos relacionados a infraestrutura.


Segundo nota sobre a operação divulgada pela LLX, a EIG tem 31 anos de história. Atualmente tem, sob sua gestão, US$ 12,8 bilhões.


De acordo com a LLX, a EIG "já investiu mais de US$ 15 bilhões no setor através de mais de 280 projetos ou companhias em mais de 33 países em 6 continentes. Entre seus clientes, a EIG tem fundos de pensão, companhias seguradoras, fundações, fundos soberanos nos Estados Unidos, Ásia e Europa. A matriz do EIG fica localizada em Washington DC, com escritórios em Houston, Londres, Sidney, Hong Kong e Rio de Janeiro."


Leia a íntegra do comunicado da LLX sobre a venda de seu controle.


A LLX divulgou nesta quarta uma nota sobre a operação de venda, conforme segue abaixo:

"A LLX Logística S.A. ('Companhia' ou 'LLX'); (Bovespa: LLXL3), empresa privada brasileira responsável pela construção do Superporto do Açu, o maior investimento em infraestrutura portuária na América Latina, em cumprimento ao disposto no art. 157 da Lei nº 6.404/76 e no art. 3º da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários nº 358/02, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que:

Nesta data, a LLX, o Sr. Eike Fuhrken Batista e partes relacionadas ("Acionista Controlador") assinaram um Termo de Compromisso com a EIG Management Company LLC ("EIG"), em nome dos fundos sob sua gestão ou co-investidores ("Grupo EIG").

O Termo de Compromisso prevê o investimento pelo Grupo EIG na LLX, por meio de participação em operação de aumento privado do capital social da Companhia, no valor de R$ 1,3 bilhão.

As ações que serão emitidas em decorrência do aumento do capital terão o preço de emissão fixado em R$ 1,20. Será conferido aos acionistas minoritários, na forma do art. 171 da Lei nº 6.404/76, o direito de preferência para participação no aumento de capital. Sujeito ao cumprimento de determinadas condições precedentes, o Grupo EIG se comprometeu a subscrever a totalidade das ações que poderiam ser subscritas pelo Acionista Controlador, que cederá gratuitamente seu direito de preferência ao Grupo EIG.

Além disso, o Grupo EIG se comprometeu a subscrever a totalidade das ações não subscritas pelos acionistas minoritários, até o limite total de subscrição no montante de R$ 1,3 bilhão.

A operação está ainda sujeita a condições precedentes, como a celebração dos contratos definitivos, aprovações regulatórias e societárias aplicáveis, além da finalização de due diligence satisfatória pelo Grupo EIG, entre outras.

Quando a operação for concluída, o Grupo EIG se tornará o novo acionista controlador da LLX. O atual Acionista Controlador deixará de integrar a administração da Companhia, mas continuará a ser um acionista relevante, e preservará o direito de indicar um membro do conselho de administração da LLX.

A EIG é uma instituição líder no setor de energia global com US$ 12,8 bilhões sob gestão em 30 de Junho de 2013. A EIG se especializou em investimentos privados nos setores de energia e recursos relacionados a infraestrutura. Em seus 31 anos de história, a EIG já investiu mais de US$ 15 bilhões no setor através de mais de 280 projetos ou companhias em mais de 33 países em 6 continentes. Entre seus clientes, a EIG tem Fundos de Pensão, Companhias Seguradoras, Fundações, Fundos Soberanos nos Estados Unidos, Ásia e Europa. A matriz do EIG fica localizada em Washington DC, com escritórios em Houston, Londres, Sidney, Hong Kong e Rio de Janeiro.

Os recursos provenientes deste aumento de capital somados às linhas de crédito existentes deverão prover a Companhia com os recursos necessários na execução do plano de investimento de capital da Companhia na Construção do Superporto do Açu, além de reforçar sua estrutura de capital.

Este compromisso assumido pelo Grupo EIG demonstra a capacidade da LLX em atrair líderes globais especializados nos setores de energia e infraestrutura, e confirmam o reconhecimento das vantagens competitivas oferecidas pelo Superporto do Açu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário