quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Candidato a titular, William Barbio mostra que está longe de ser o 'ninguém' do Bahia

Atualizado em 05.09.2013

 

Atacante deu nova dinâmica à equipe, mas não conseguiu evitar a derrota para o Cruzeiro

 


Alvo de piadas quando chegou ao Bahia, William Barbio mostrou que está longe de ser "ninguém" no Bahia

Quase deu certo. O Tricolor, de fato, ficou mais agressivo. Com a entrada de Barbio, o time baiano conseguiu chegar com mais qualidade e velocidade ao ataque adversário, mas faltou pontaria. Além disso, sobrou desatenção ao sistema defensivo do Bahia, que até chegou a fazer o primeiro gol, com Fahel, mas sofreu o terceiro nos momentos finais da partida, cravando mais uma derrota no Brasileirão.
Ciente de que deu um novo ânimo à equipe na segunda etapa, o afilhado do Neguinho da Beija-Flor foi apontado por parte da torcida como o melhor em campo, mas confessou que não conseguiu se animar com o apoio dos tricolores. "Essa é a minha característica. Ir para cima, ajudar a equipe a marcar e a atacar. Me adaptei rápido ao jogo, mas eu estou triste mesmo. Penso em mim, lógico, mas primeiro penso na equipe. Aprendi desde a infância que a gente precisa pensar em coletivo. Quando o grupo vai bem, as coisas boas acontecem para a gente também", explicou em entrevista ao Correio24Horas.

O jogador, que atuou em apenas 45 minutos, disse ainda que poderia ter entrado desde o início, sem problemas. "Tenho preparo para jogar 90 minutos. Treino desde que cheguei ao Bahia e me dedico muito aos treinos. Quando o Cristóvão achar que precisa de mim e quando ele achar que é a hora de me utilizar, estarei pronto", garantiu.
E parece que a fórmula do jogador tem dado certo. Após o confronto, o treinador contou que gostou do desempenho do "cabeludo". "William entrou nos dois jogos, entrou bem e tem mostrado que tem condições de ser titular", disse.
Com a derrota para o líder da competição, o Bahia ocupa a 9ª posição na tabela, com 23 pontos. O próximo jogo do time baiano será às 18h30 deste sábado (7), diante do Fluminense, no Maracaã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário