quarta-feira, 6 de novembro de 2013

De volta, Wallyson quer pelo menos três vitórias nas últimas rodadas

Atualizado em

Após quinze dias em recuperação de lesão, atacante pode voltar a campo

Wallyson; Bahia (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia) 
Wallyson garante que estará 100% no jogo de
sábado
Quinze dias fora de ação. Quinze dias observando de longe o Bahia patinar no Campeonato Brasileiro 2013. O atacante Wallyson sofreu uma lesão muscular durante a derrota para o Flamengo, na 29ª rodada da Série A, e desde então pouco conseguiu fazer para ajudar o time na briga para se afastar da zona de rebaixamento. Recuperado, o atleta treinou com bola nesta terça-feira e está liberado para atuar. O adversário para o reencontro com os campos será o Atlético-MG, e o jogador tricolor já faz planos para tentar recolocar o Tricolor nos trilhos do Brasileirão.
- Muito ruim ficar fora todo esse tempo. Vinha de uma sequência boa, mas aconteceu essa lesão, que acho que ocorreu por causa da sequência de jogos, quarta e domingo. O descanso era pouco. Mas já fiz um trabalho com bola e até a hora do jogo estarei pronto. Estou concentrado com meus companheiros para conseguir um triunfo. Temos que nos concentrar para conseguir pelo menos três vitórias nas rodadas restantes. Sabemos que não vai ser fácil, mas vamos tentar. Queremos vencer os jogos em casa, e procurar conquistar pontos fora de casa também – disse o atleta.


O retorno de Wallyson não é favorável ao Bahia apenas por proporcionar mais uma opção ofensiva ao técnico Cristóvão Borges. Em números, o atacante mostra que tem sido peça-chave ao esquema tricolor desde que foi contratado. O atacante atuou em seis dos nove triunfos conquistados pelo Tricolor na Série A. Além disso, ele foi fundamental em algumas partidas, como na virada sobre o Botafogo, quando o atleta deu os dois passes que resultaram em gols. O bom retrospecto, no entanto, é minimizado pela má fase da equipe, que não vence uma partida há quase um mês.
- Fico feliz pelos números positivos. Tenho que agradecer meus companheiros que me ajudam a conquistar isso. Vou trabalhar com os pés no chão. Meu primeiro pensamento agora é ajudar a equipe do Bahia. Estou pronto para atuar se o professor quiser me colocar no jogo. Vou estar 100% para ajudar a equipe do Bahia – garantiu Wallyson.
A semana livre para treinos é usada como trunfo no Fazendão. Para Wallyson, o técnico Cristóvão Borges finalmente terá tempo para trabalhar a equipe, o que não conseguiu no período em que eram realizados dois jogos por semana.
- Teremos uma semana um pouco mais longa, já que não tem jogo na quarta. Vai dar para arrumar o que estava faltando. Fizemos até um treino mais demorado nesta terça-feira. Até a hora do jogo estaremos descansados e prontos para buscar a vitória – finalizou o atacante, que já marcou quatro gols pelo Tricolor na temporada.
O Bahia ocupa a 15ª colocação da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro com 38 pontos, dois a mais que o Vasco, primeiro time do Z-4 da competição nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário