terça-feira, 10 de setembro de 2013

Irreverente, Anderson treina mantendo suas características

Atualizado: 10/09/2013

Ex-campeão fez treino de sparring e manteve forma descontraída de lutar, repetindo guarda baixa e chute de letra
Anderson no sparring com Rafael Feijão (© Foto: Leonardo Fabri) 
Anderson no sparring com Rafael Feijão (Foto: Leonardo Fabri)
Prestes a viajar para a Tailândia, onde afiará sua já excelente trocação, Anderson Silva segue treinando para a grande revanche contra Chris Weidman, marcada para o dia 28 de dezembro, em Las Vegas,  na luta principal do UFC 168. Na tarde desta terça-feira, o ex-campeão fez um treino de sparring e mostrou que o seu jeito irreverente durante o combate deve continuar, pelo menos foi o que ele apresentou nos treinos com os companheiros Rafael Feijão, Arthur Gogó e Diego Braga.
Galeria de fotos: Clique e veja imagens exclusivas do treino desta terça
O primeiro a encontrar Anderson Silva em cima do cage de treinamento foi seu grande amigo Rafael Feijão, que fez um treino leve com o companheiro, mas mesmo assim não deixou de trocar uns golpes mais ríspidos durante o sparring. Logo depois, Arthur Gogó mediu forças contra o ex-campeão do Ultimate, e investiu na mesma leg-lock que Chris Weidman tentou pegá-lo. Diego Braga já fez um treino mais voltado para a trocação, no qual Anderson manteve o seu tradicional estilo, abaixando a guarda, dando chute de letra e encostando na grade.
Sem mudanças
Considerado por muitos o melhor lutador de MMA do mundo, Anderson Silva já deu diversas provas de suas genialidade ao fazer "firulas" durante seus combates, como fez nos duelos em que nocauteou contra Forrest Griffin e Stephan Bonnar. Porém, em outras oportunidades, o ex-campeão foi muito criticado, como nas apresentações contra os compatriotas Thales Leites e Demian Maia. A gota d'água para os críticos foi em sua última luta, na qual teria abusado das "brincadeiras" e sendo nocauteado pelo norte-americano no segundo round.
Mas pelo que parece, pelo menos para quem assistiu ao treino desta terça-feira, é que Anderson Silva não se abalou com as críticas e deve manter o seu estilo descontraído na hora de lutar, assim como fazia os ídolos do boxe Muhammad Ali e Roy Jones Jr, de quem o brasileiro é assumidamente fã.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário